Com apoio de Jaime Martins, Sala Vermelha é inaugurada no Hospital São João de Deus

Ação parlamentar de Jaiminho Martins junto ao Governo de Minas foi fundamental para abertura do espaço em urgência e emergência

O deputado federal Jaiminho Martins participou na na manhã desta segunda-feira (15) da inauguração da ‘Sala Vermelha’ do Hospital São João de Deus (HSJD) em Divinópolis. O espaço, que conta com seis camas e equipamentos para estabilização de pacientes, irá oferecer atendimento especializado para todo o centro-oeste do estado em emergência ou urgência médica. Para a construção e compra de materiais que compõem a estrutura, foram investidos R$ 1,2 milhão, frutos da ação parlamentar do deputado federal junto ao Governo de Minas.

“Pensar em Saúde significa dar mais qualidade de vida para a população. Trabalhamos muito pela recuperação e fortalecimento do Hospital São João De Deus e ampliar a rede de atendimento e, ver a Sala Vermelha sendo inaugurada, é sinal de estamos no caminho certo. No próximo dia 06 de Junho teremos o inicio das atividades do SAMU – Centro-Oeste e a Sala Vermelha irá desempenhar um papel fundamental ao dar o primeiro atendimento ao paciente regulado pelo SUS Fácil”, explica disse Jaime Martins,

Em entrevista, o coordenador do CAO-Saúde, promotor de Justiça Gilmar de Assis, falou a importância do espaço e atuação coletiva em prol da saúde de Divinópolis e cidades da região centro-oeste do estado. “No Sistema Único de Saúde não há espaço para atuação solitária, mas para atuação solidária, na qual todos nós devemos empreender toda a nossa energia para que o SUS seja cada vez melhor. E não poderia haver espaço mais significativo que a inauguração da Sala Vermelha, pois representa antes de tudo a dignidade da pessoa humana em salvar vidas. Evidentemente sempre tem as desconfianças, seja pelo seu custo econômico financeiro, seja pela sobrecarga de serviço, mas nós, pelo que entendemos e temos experimentado, sabemos que estamos no caminho certo”, ponderou.

Retaguarda do Samu

A Sala Vermelha do HSJD tem papel fundamental como retaguarda do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), uma vez que o acesso dos pacientes a essa sala se dará por meio da Central de Regulação das Urgências (Serviço 192), que entrará em operação a partir da inauguração do Samu no inicio de junho. De acordo com a Superintendente do HSJD, Elis Regina Guimarães, a Sala Vermelha irá desempenhar um papel importante e funcionará também como Pronto Atendimento e irá prestar serviços de qualidade. “Muitos temem em relação a forma de encaminhamento de pacientes, pois somos o único hospital de grande porte na região. Perguntas ainda não foram respondidas como: nossa estrutura de leitos de internação e de CTI conseguirão dar suporte aos pacientes que chegarem na Sala Vermelha? Os outros hospitais da região também cumprirão o seu papel no reconhecimento dos pacientes transportados pelo SAMU? Dúvidas que só o tempo e a grande e inédita parceria firmada entre Regulação do Estado, Regulação do Município, Regulação do SAMU em reuniões semanais de definição do modelo da Rede de Urgência e Emergência poderão estruturar e fazer dessa rede a mais eficiente e organizada do Estado. Somos capazes, somos perseverantes, somos profissionais e acima de tudo, estamos redefinindo o conceito de parceria onde todos os entes ganham”, detalhou.

Com informações do Hospital São João de Deus