Deputado Jaime Martins apresenta projeto tecnológico inovador para Nova Serrana

O município poderá ser o primeiro da região a adotar o sistema “Cidades Inteligentes”

Em uma reunião realizada nesta terça-feira, 11/07, o deputado federal Jaime Martins apresentou ao prefeito Euzébio Lago e ao vice-prefeito Nelson Moreto um projeto inovador para o município, que será o responsável pela modernização dos sistemas que integram uma série de serviços públicos, trata-se do Projeto “Cidades Inteligentes”.

O deputado federal Jaime Martins, exerceu a presidência da Comissão de Mobilidade Urbana – CMO, e também da Comissão de Viação e Transportes – CVT, portanto entende o quanto é preciso trabalhar para que os avanços tecnológicos sejam integrados na solução dos problemas urbanos.

Diante disso, Jaime idealizou para Nova Serrana a implantação do sistema que será capaz de gerar mais efetividade, ampliar a qualidade dos serviços e, principalmente, redução de custos para a prefeitura. Além disso, a redução de forma gradativa das taxas para a população quanto à iluminação pública e outros serviços.

O objetivo do Projeto Cidades Inteligentes é justamente modernizar os sistemas e explorar ao máximo suas potencialidades, auxiliando a administração pública a fazer uma gestão mais eficiente com inovação, sustentabilidade, inclusão e conectividade. Por exemplo, em Nova Serrana há atualmente mais de 13 mil pontos de iluminação de rede pública. Com a implantação do “Cidade Inteligentes”, a cidade poderá usufruir melhor dele, com luminárias mais eficientes, mas também com a dimerização, ou seja, lâmpadas com uma leitura automática da necessidade de aumentar ou diminuir sua intensidade em pontos e ocasiões específicas, com isso, ganha-se muito em termos de segurança pública. O projeto prevê a melhoria da iluminação pública em até três vezes mais que a atual e a troca total de lâmpadas a cada dez anos, o que garantirá uma atualização constante do sistema e redução das despesas com manutenção de equipamentos.

A Cidade Inteligente é capaz de fazer o cruzamento das informações geradas pelas soluções digitais. Por meio da implantação de uma rede Wi-Fi o sistema integra o “Olho Vivo” e também gera dados indicadores do fluxo de trânsito para monitoramento dinâmico dos semáforos, chegando até mesmo a ter mais controle sobre a frota municipal para inibição de abusos. A cidade inteligente também proporciona impactos diretos em outras áreas.

“Nova Serrana é a segunda maior cidade da região e ela cresce a cada dia. Por isso, é fundamental pensar no futuro e o desenvolvimento das cidades inteligentes passa a ser uma real necessidade. Soluções inteligentes estabelecem métodos para utilização mais consciente dos serviços públicos, reduz custos operacionais de manutenção, aumentando o tempo de vida da infraestrutura existente na cidade. Sou um grande idealizador de uma ‘Nova Serrana Inteligente’ porque através dela passaremos a utilizar a tecnologia para melhorar a qualidade de vida da população”, explica o deputado Jaime Martins.

Para a implantação do Sistema Cidade Inteligente em Nova Serrana, a prefeitura não terá despesas extras, tendo em vista que, atualmente já existe em suas planilhas de custo, os gastos com a iluminação pública. O projeto prevê apenas a migração do aporte para a troca gradativa da prestação de serviços, após a licitação do novo prestador. E, para o prefeito Euzébio Lago, o fato de a implantação do Sistema Cidades Inteligentes não onerar o município é uma informação muito favorável.

O deputado federal Jaime Martins, parlamentar que tem um firme compromisso com o Centro-Oeste de Minas Gerais, tem trabalhado pensando no futuro das cidades que compõe na nossa região e a meta é que em breve tenhamos um grande polo de Cidades Inteligentes integrando os municípios de Nova Serrana, Divinópolis, Pará de Minas, Itaúna e Formiga.