Jaime Martins: “É uma afronta homologar acordos de leniência de empresas acusadas de corrupção”

Em entrevista ao “Palavra Aberta”, parlamentar apresentou posição contrária para proposta em análise no Congresso

A Operação Lava Jato colocou a delação premiada nas primeiras páginas dos jornais. Agora é a vez do acordo de leniência, que é uma espécie de delação, mas negociado com empresas acusadas de fazer parte de cartel ou de esquema de corrupção.

Na Câmara estão em análise várias propostas que tratam do tema. Um dos projetos, já aprovado pelo Senado, permite que o Ministério Público e a Advocacia Pública façam acordo de leniência com empresas acusadas de corrupção.

O deputado Jaime Martins (PSD-MG), é contra essa medida, já apresentou voto em separado para evitar que a proposta seja aprovada, e foi entrevistado no programa Palavra Aberta para falar sobre o assunto. Veja: