Jaiminho Martins cobra soluções para PPI-Favela e obras de mobilidade urbana em Divinópolis

Encontro na Superintendência da Caixa contou com a presença do prefeito Galileu Machado, técnicos da Usina de Projetos, secretários municipais e lideranças comunitárias dos bairros Jardim Primavera e São José

A aplicação de emenda parlamentar de R$ 2 milhões de reais para a pavimentação de diversas ruas de Divinópolis, especialmente nos bairros Jardim Primavera (Ermida) e São José, bem como a resolução do contrato do Projetos Prioritários de Investimentos (PPI-Favela) do bairro Alto São Vicente, foram cobradas pelo deputado federal Jaime Martins (PSD/MG) em encontro realizado na manhã de hoje (13.11) na Superintendência Regional Centro-Oeste da Caixa Econômica Federal.

Segundo Jaiminho Martins, que foi acompanhado no encontro pelo prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado, da vereadora Janete Aparecida, secretários municipais, equipe técnica da Caixa e lideranças comunitárias, a resolução do impasse é urgente e obrigatória.

” É preciso uma força-tarefa de Prefeitura, Caixa, Ministério das Cidades para que possamos destravar esses projetos. Estou atento e demonstrei ao prefeito Galileu, ao Márcio da Silva, presidente da Associação do bairro Jardim Primavera, toda minha preocupação. A aplicação dos recursos de emenda parlamentar que destinei no valor de R$2 milhões dependem da regularização do PPI Favela no Alto São Vicente e já foram dados encaminhamentos para isso. A proposta é que os moradores possam ser atendidos dentro do programa Minha Casa, Minha Vida. No entanto, temos prazos e estamos correndo contra o tempo. Tenho acompanhado todo esse processo e estou com agendas prontas em Brasília para finalizarmos esse processo o quanto antes. Não podemos, em hipótese alguma, perder esses recursos”, avaliou Jaiminho.

Deputado Federal Jaiminho Martins, prefeito Galileu Machado e lideranças durante encontro na Superintendência Regional da Caixa em Divinópolis

Deputado Federal Jaiminho Martins, prefeito Galileu Machado e lideranças durante encontro na Superintendência Regional da Caixa em Divinópolis

Os recursos de emenda parlamentar que irão beneficiar 10 quarteirões do bairro Jardim Primavera e outros trechos da cidade, como ruas centrais do bairro São José, só podem ser liberados quando o contrato do PPI-Favelas for finalmente destravado. A resolução dessas pendências é o objetivo principal agora, segundo o prefeito Galileu Machado.

“Sabemos das burocracias, mas estamos em cima dessas pendências para que a nossa cidade e os moradores não sejam prejudicados. O deputado federal Jaiminho Martins destinou os recursos, a vereador Janete tem acompanhado de perto o PPI-Favela e nós estamos mobilizando toda nossa equipe, a Usina de Projetos, o secretário de obras pra resolver isso o quanto antes”, apontou o chefe do executivo.

Durante o encontro, a equipe de técnicos da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal ponderou que a documentação de regularização do projeto do PPI-Favelas esta adiantada, com a sua integração junto ao programa Minha Casa, Minha Vida e, em fase final de aprovação, sendo necessário, nessa fase, o encaminhamento para Brasília, com a aprovação e liberação final por parte do Ministério das  Cidades.

“Além desses dois projetos que citei, Divinópolis também tem recursos fundamentais do Programa de Aceleração de Investimentos (PAC)  Saneamento para obras nos bairros São Simão, Grajaú, Terra Azul, Jardinópolis, Jardim Candidés, Nova Fortaleza I e II, que não podem ser paralisados. Já agendei com o prefeito Galileu, com técnicos da Caixa e nos próximos dias estaremos em Brasília para agendas importantíssimas e definitivas para esses projetos”, adiantou Jaiminho.

Elias Costa / Assessoria de Comunicação