Subcomissão de Ferrovias tem plano de trabalho aprovado na Comissão de Viação e Transportes

Foi aprovado nesta quarta-feira, 12, na Comissão de Viação e Transportes (CVT), da Câmara dos Deputados, em Brasília, o Plano de Trabalho da Subcomissão Permanente das ferrovias e do trem de alta velocidade brasileiro, do qual o deputado federal Jaiminho Martins (PSD-MG) é presidente. A Subtav visa melhoria do transporte sobre trilhos e destaca a ferrovia Transcontinental como um empreendimento importante para o desenvolvimento da infraestrutura nacional. Por conta disso, estão previstas visitas técnicas da subcomissão à China e ao Peru, como uma “oportunidade de tomar parte, com necessário grau de conhecimento, das discussões que envolverão as autoridades públicas destes países e as do Brasil acerca do assunto”.

Jaime Martins destaca que a Transcontinental, que ligará os Oceanos Pacífico e Atlântico, foi incorporada ao Plano Nacional de Viação graças ao trabalho desenvolvido na Casa Legislativa e é “um projeto que pode colocar o Brasil em outro patamar entre as nações protagonistas do comércio mundial”. Analisar e examinar com dedicação e responsabilidade a parceria entre estes países são ações que devem também ser desenvolvidas no âmbito da Subtav. O parlamentar destaca  a importância da ferrovia por conta das novas rotas que facilitarão o escoamento da produção de grãos e minérios, além de reduzirem os custos da importação destes produtos.

Plano de Trabalho

As ações da Subtav previstas no plano de trabalho incluem ainda audiências públicas sobre modelos de concessão ferroviária, investimento estrangeiro em ferrovias, o papel do transporte sobre trilhos na mobilidade urbana, além do andamento do Programa Nacional de Segurança Ferroviária em Áreas Urbanas e os impasses e perspectivas do trem de alta velocidade. A subcomissão deve realizar também seminários abordando temas como: o Panorama metroferroviário brasileiro e a parceria entre o Brasil e a China no transporte ferroviário. As ações incluem ainda visitas e reuniões técnicas.

Defendendo a expansão da malha ferroviária no Brasil, Jaime Martins destaca os benefícios do transporte sobre trilhos em relação ao rodoviário. “Ele é adequado a um país como o Brasil de dimensões continentais e que tem uma economia baseada em produtos primários. As ferrovias também são importantes para o escoamento de minerais, principalmente de minério de ferro. Além disso, o transporte ferroviário tem o poder de transportar grandes quantidades de produtos a custos mais baixos”.

Investimento Chinês

O parlamentar lembrou que o governo chinês mostrou-se interessado em investir nas ferrovias brasileiras, retomando o estudo da linha ferroviária Transcontinental. “Ferrovia que surgiu aqui no Congresso, uma proposta que foi criada aqui e que teve a minha relatoria na Câmara”, ressaltou Jaime Martins. O deputado destaca a importância do projeto que liga os Oceanos Atlântico e Pacífico, do porto do Rio de Janeiro ao Peru, e que poderá se integrar a outras linhas ferroviárias importantes do país. “A Transcontinental servirá para o escoamento da soja e do minério, por exemplo. A sua integração com a linha Norte-Sul e outras ferrovias propiciam a ligação com portos importantes como o de Belém e o de Ilhéus”.

Além de destacar a importância das ferrovias e do trem de alta velocidade para o crescimento econômico do país, Jaime Martins acha fundamental o debate a respeito da implantação do transporte de passageiros sobre trilhos, como metrôs, nas grandes cidades para melhorar a mobilidade urbana e, consequentemente, a qualidade de vida da população.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif