Saúde: Recursos assegurados em 2016 serão destinados ao Samu Centro-Oeste

Jaime Martins acompanha publicação de portaria que garantirá o repasse de oito milhões para manutenção do serviço

Divinópolis, e mais 53 cidades da região Centro-Oeste de Minas, acaba de ser beneficiada com o anúncio de recurso do Governo Federal, da ordem de oito milhões/anuais, que será destinado na manutenção do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência, o SAMU. A liberação desse recurso atende a uma solicitação do deputado federal Jaime Martins, que juntamente com outras lideranças, esteve em audiência com o ministro da saúde Ricardo Barros, em Brasília, no fim de dezembro de 2016.

Na época, a garantia dada pelo Ministério da Saúde foi o sinal verde para que o Governo Estadual desse início as operações do Samu. Uma vez que estava garantido, então, o modelo de gestão de financiamento do Samu que além do aporte do Governo Federal, conta com recursos do Estado e dos municípios via CIS-URG Oeste.

Encontro do Deputado Federal Jaiminho Martins com o Ministro Ricardo Barros, no ano de 2016, ao lado de prefeitos, representantes do SAMU Centro-Oeste e lideranças.

Encontro do Deputado Federal Jaiminho Martins com o Ministro Ricardo Barros, no ano de 2016, ao lado de prefeitos, representantes do SAMU Centro-Oeste e lideranças.

Na manhã de hoje, 08, o deputado federal Jaime Martins voltou a se reunir com o ministro da saúde e autoridades desse ministério.  “O encontro que tivemos hoje com o ministro teve como objetivo solicitar brevidade na publicação da portaria que irá credenciar o Samu Centro-Oeste e, desta forma, assegurar o repasse dos oito milhões/anuais que ajudamos a obter ainda em 2016. Recurso que irá garantir a perpetuação do Samu e sua eficiência. Melhorando muito a saúde dos 54 municípios atendidos pelo Serviço de Urgência e Emergência”, destaca Jaime Martins.

Recurso empenhado para UPA em Divinópolis

Ainda em Brasília, o deputado Jaime Martins, em audiência com o ministro Ricardo Barros, teve a garantia que a emenda de um milhão de reais, remanejada pelo deputado para atender a UPA Padre Roberto, está empenhada.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, estava sendo aguardada a publicação da portaria ministerial para abrir o orçamento da Saúde para 2018. “Nos lamentamos o atraso na liberação e o desconforto que isso causa diante da situação difícil que UPA Padre Roberto vivencia. Passamos todo esse final de ano acompanhando todos os trâmites e agora essa notícia que aguardávamos. A previsão é que nos próximos 08 a 10 dias o dinheiro esteja na conta da prefeitura”, pontua Jaime.

Rodrigo Dias / Assessoria de Imprensa